sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Salário mínimo deve cair mais de 50% no 2º mandato de Dilma



O ritmo de valorização do salário mínimo deve cair mais de 50% do primeiro para o segundo turno da presidente Dilma Rousseff com a decisão de manter as atuais regras de reajuste econômico. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Para efeitos de comparação, entre 2011 e 2014, o minímo cresceu 2,9% ao ano, em média, taxa que ficou acima da inflação, mas considerada modesta se compara às dos fovernos Lula e FHC.

A projeção para os próximos anos é de que o mínimo tenha um aumento anual de 1,2%, segundo estimativas do mercado. Se isso acontecer, a taxa dos dois mandatos de Dilma dificilmente conseguirá superar o crescimento de 4,7%, do governo FHC, e de 5,5%, taxa do período de Lula.



Procure por Palavra - Exemplo: Jaspion